10 de jun de 2010

PAI

PAI

PAI, aqui estou eu para te amar.
Amar verdadeiramente como nunca amei em minha vida,ninguém que seja.
PAI,como te procurei! Quantas idas e vindas.
Quantos percalços passei.
PAI,quanto chorei.....
Quanto te procurei....
Quanto te chamei....
Mas por eu estar surda,nunca o escutei.
Por eu estar cega,nunca o avistei.
Hoje PAI, eu te encontrei,
Com meus próprios olhos te avistei.
Com meus ouvidos te escutei,a me dizer tão lindas palavras,que nunca pensei um dia ouvir.
PAI,te agradeço por todo amor,por todo amparo,por todos os dias e noites,me ter carregado em seus braços,quando muitas vezes eu cansada,parava no caminho.
Obrigado PAI,por cuidar de mim.
Obrigado PAI,por me amar tanto assim.
Obrigado PAI !!


24/07/2001
(oração escrita por mim nove dias após conversão)